Quais os tipos de liderança atuais e como se desenvolver como líder?

6 minutos para ler

A liderança não é estática. Trata-se de uma habilidade que deve ser trabalhada e desenvolvida constantemente, a fim de acompanhar não só as tendências do mercado, mas também deixar o profissional cada vez mais preparado para lidar com os diversos desafios que surgem no dia a dia de uma equipe.

Buscar constantemente essa especialização eleva o valor de mercado do profissional, além de propiciar um ambiente mais agradável na empresa, obtendo melhores resultados, ultrapassando as metas e, até mesmo, fortalecendo o employer branding.

Quer conhecer os principais tipos de liderança atuais e como buscar esse desenvolvimento? Continue a leitura!

Por que identificar o seu tipo de liderança é tão importante?

O estilo de liderança está muito ligado à personalidade do profissional que a exerce — quase como uma extensão de suas características naturais. Uma pessoa naturalmente empática, com capacidade de ouvir os outros, certamente, aplicará essas habilidades na hora de coordenar uma equipe. O mesmo vale para uma pessoa enérgica e que cobra resultados.

Assim como um gestor traz seus pontos positivos, também apresenta o seu lado mais obscuro. Por isso, é tão importante identificar o próprio estilo de liderança. Trata-se de um exercício poderoso de autoconhecimento, capaz de trazer insights sobre diversos aspectos da vida.

Ao mesmo tempo, essa identificação permite que essas pessoas consigam desenvolver as lacunas em sua atuação e apresentem um desempenho mais completo, obtendo as competências necessárias para motivar e envolver a equipe.

Quais são os principais estilos de liderança?

Conheça os estilos aplicados atualmente e seus principais pontos de identificação.

Autocrática

A liderança autocrática concentra todo o poder de decisão no chefe. Embora seja um modelo comum e muito praticado nas empresas, ele tem entrado em desuso cada vez mais, justamente por se mostrar ineficiente nos modelos atuais de gestão — que valorizam o clima organizacional e o talento individual dos colaboradores.

Esse tipo de pessoa costuma ser temida, e não respeitada. Ela não inspira os colaboradores a darem o seu melhor e não consegue promover uma integração entre a equipe, muito menos estimular o engajamento.

Liberal

Nesse modelo de liderança, como o próprio nome indica, os funcionários têm total liberdade de atuar como desejam, decidindo a melhor maneira de conduzir suas tarefas. O envolvimento do líder só ocorre quando ele é requisitado, atuando mais como um consultor e ajudando a resolver problemas.

A liderança liberal dá autonomia aos funcionários, mas quando o nível de maturidade não é o suficiente, pode ocorrer dificuldade na obtenção de resultados. Por isso, apesar da abordagem mais solta, é indispensável manter uma visão completa de todo o processo.

Situacional

Na liderança situacional, há a capacidade de adaptação com os cenários e com a maturidade da equipe, o que traz agilidade, estratégia e inteligência à gestão.

Para alcançar sucesso como líder situacional, o profissional deve estar preparado para assumir os diversos estilos de liderança, de acordo com o que for exigido para o momento. Ele precisa analisar o nível técnico e comportamental dos funcionários e adotar a abordagem que provocará o melhor resultado para o momento.

Coaching

O líder com habilidades em coaching é capaz de treinar e desenvolver a equipe para apresentar o melhor, ajudando na descoberta de novos talentos, tornando-os profissionais mais completos e que tragam melhores resultados.

A comunicação nesse tipo de liderança é assertiva e usa o feedback como ferramenta para promover as melhorias necessárias. Assim, ela cria um ambiente de trabalho mais engajado e produtivo, além de auxiliar os profissionais em seu desenvolvimento — o que também traz excelentes retornos para a empresa.

Democrática

Nesse modelo de liderança, os funcionários são convidados a participar de maneira ativa da tomada de decisões, dando sugestões e opinando sobre os processos produtivos. O líder democrático atua como um facilitador, coletando as mais diversas impressões e levando isso aos CEOs, quando necessário.

Além disso, ele também se preocupa com a qualidade de vida no local de trabalho, oferece feedbacks e esclarece dúvidas, auxiliando no melhor desenvolvimento das tarefas.

Visionária

A liderança visionária baseia-se no senso de oportunidade e na abordagem empreendedora sobre os processos. O líder com essas habilidades possui uma ampla visão de mercado, consegue prever as reações dos consumidores e avaliar os seus comportamentos, traçando, assim, estratégias capazes de alcançar o público-alvo com sucesso.

Além disso, o modelo considera a importância dos colaboradores para o sucesso da empresa, e busca motivá-los constantemente.

Técnica

O líder técnico possui um grande conhecimento na execução dos trabalhos ligados ao setor de atuação da empresa, e, por isso, é muito respeitado, conseguindo orientar a equipe.

Ele atua como um modelo a ser seguido e consegue despertar respeito, sem ser autoritário. Sua expertise não só serve para guiar sobre a realização das tarefas, como inspira os demais com a sua trajetória e dedicação.

Carismática

Esse tipo de liderança é construída em cima do carisma do gestor e obtém alta fidelidade do time. A equipe é motivada e inspirada pela figura do líder, que exerce o cargo mesmo sem a experiência ou o conhecimento técnico necessário.

Embora tenha esses pontos a desenvolver. o gestor carismático consegue alcançar altos níveis de engajamento e influenciar as pessoas ao redor, alcançando bons resultados.

Motivadora

O líder motivador atua sempre no emocional dos funcionários e procura mantê-los envolvidos e dedicados ao trabalho. Tal suporte é essencial para enfrentar situações de crise, aliando pessoas e propósitos em torno de um objetivo.

Esse líder consegue contagiar a todos com sua confiança e otimismo, construindo um clima organizacional muito mais positivo e alcançando bons resultados por meio do estímulo.

Apresentamos, aqui, os principais tipos de liderança existentes e como cada uma atua dentro dos objetivos determinados para a organização. Vale a pena destacar que a liderança deve ser desenvolvida, e que os interessados em ocupar esse cargo devem buscar cursos e especializações, para que as habilidades necessárias sejam trabalhadas.

A Leader RH oferece esse tipo de material e pode ajudar você a alcançar esse nível de conhecimento, preparando-o para ser um líder de alta performance, com excelentes resultados. Possuímos diversos treinamentos com esse objetivo. Entre em contato conosco e saiba mais!

Posts relacionados

Deixe um comentário