Liderança 4.0: como esse conceito tem preparado os líderes para a transformação digital?

4 minutos para ler

Big Data, internet das Coisas, robôs, algoritmos, aprendizagem e Inteligência Artificial. Esses são alguns dos conceitos com que a liderança 4.0 tem de lidar todos os dias. Além disso, continua sendo responsabilidade dela desenvolver e orientar pessoas.

Com o advento das novas tecnologias, tivemos diversas mudanças sociais e econômicas que também impactaram de forma direta o mercado de trabalho. A chegada da nova geração de trabalhadores ao ambiente corporativo também tem exigido uma nova postura dos gestores.

Para garantir a competitividade das empresas, é fundamental estar atento aos desafios relacionados à liderança e à gestão de pessoas. Ao longo desta leitura, você vai saber mais sobre liderança 4.0. Acompanhe!

O que é liderança 4.0?

A liderança 4.0 nasce da necessidade de acompanhar a era tecnológica e também as mudanças sociais, exigindo do líder, além da capacidade de gerenciar a tecnologia, saber lidar com a diversidade nas empresas, ter uma comunicação assertiva e estar apto para conciliar conflitos, ao mesmo tempo em que motiva e engaja o time em prol dos objetivos organizacionais.

Assim, liderança 4.0 é ir além da gestão de máquinas (como acontecia na Revolução Industrial). Hoje, é esperado que o líder saiba entender as pessoas, seja capaz de integrá-las ao novo ambiente de trabalho — mais digital e tecnológico.

Qual a importância da liderança 4.0?

Em um mundo cada vez mais conectado e competitivo, a liderança 4.0 tem uma missão importante nas empresas, pois é ela quem vai ajudar os colaboradores a entender o ambiente de trabalho em que estão inseridos, conciliando ferramentas tecnológicas e capital humano.

Isso porque a mais eficiente tecnologia nunca substituirá a ação humana. Dessa forma, o líder deve estar preparado — e, para tanto, precisa investir no seu autodesenvolvimento, com foco, principalmente, nas habilidades comportamentais. Afinal, o líder 4.0 continuará sendo referência para toda a sua equipe, e deve estar apto a resolver tudo o que a tecnologia digital não for capaz.

Por que se preparar para essa tendência?

A procura pelos melhores talentos do mercado, a inexistência de barreiras entre as vidas pessoal e profissional, a rotina intensa dos centros urbanos e a competitividade de mercados em meio à evolução constante da tecnologia tem exigido líderes que saibam lidar e responder a essas exigências.

Diante desse cenário, pelos motivos já expostos, o pensamento das pessoas nas organizações também deve evoluir para acompanhar esse novo tempo. As gerações Y e Z estão aí para mostrar que as pessoas têm novas necessidades, inclusive no trabalho. Querem saber o que fazem e porque fazem, já escolhem onde desejam trabalhar e procuram propósito para tudo o que executam.

Ou seja, em uma época onde tecnologia e necessidades humanas se encontram, é preciso estar preparado para gerir esses desafios, a fim de conquistar os resultados almejados pelas organizações.

Nesse contexto, a liderança pelo exemplo é fundamental para a inspiração das equipes de trabalho, colaborando para um ambiente mais produtivo e com foco nos resultados.

Como vimos ao longo desta leitura, os desafios da liderança 4.0 são muitos, e estar preparado para enfrentá-los é a melhor maneira de conciliar os interesses que permeiam uma organização. É preciso voltar o foco para as pessoas, sem se esquecer de acompanhar as transformações tecnológicas e digitais —que são constantes.

Se você gostou deste post sobre liderança 4.0, confira também quais os tipos de liderança atuais e como se desenvolver como líder!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário